Voando livre no por do sol - Pedra da Gávea - verão 2014

Rio de Janeiro , 3a feira - 28 de janeiro de 2014

Olá galera do SUP ,
Atualmente eu tenho dividido o meu tempo entre as aulas, passeios e travessias de SUP, e os voos duplos panorâmicos de instrução
com asa delta na Pedra Bonita - que certamente é um dos melhores lugares para a pratica do voo livre no mundo .
Por isso hoje eu quero compartilhar com vcs um pouco dessa experiencia maravilhosa, postando aqui as fotos desse voo de ontem no pôr do sol de verão, com a minha sortuda aluna Raiza ... Essas imagens na postagem abaixo falam mais do que qualquer palavra !

domingo, 5 de fevereiro de 2012














Amigos e parceiros do SUP !

Ontem dia sabado dia 4/2/2012 eu fiz mais uma travessia espetacular de SUP, remando da praia do Pepino até a praia da Joatinga e de lá até as Ilhas Tijucas na Barra, de onde voltei em linha reta encarando um vento contra forte até chegar de volta no ponto de partida . Na primeira parte do percurso eu preferi navegar bem perto da costa - ao longo do elevado do Joá até a ponta do sul do Clube Costa Brava - para então chegar na Joatinga em 27 minutos.

Desde o início deu pra notar que a agua do mar estava muito clara e limpa, e assim foi em todo o trajeto até avistar o visual belíssimo da praia da Joatinga, bem característico desses dias "clássicos" de verão carioca, sem uma nuvem no céu, e com a agua do mar verde esmeralda e muito fria, uma combinação bem rara na orla carioca que normalmente recebe a agua clara e quente vinda com as ondulações do quadrante sul ...
Muito provávelmente, essa corrente de agua clara e "gelada" é proveniente da região dos lagos, aonde essa combinação prevalece durante a maior parte do ano, mais específicamente ali em arraial do Cabo, Cabo Frio e etc ...

Depois de tirar umas fotos e tomar uma ótima agua de côco na Joatinga, não resisti a tentação de remar mais 16 minutos até as Ilhas Tijucas, mesmo sabendo do risco de ter que enfrentar o vento contra de leste/nordeste na volta para São Conrado, o que acabou acontecendo, e exigiu de mim bastante esforço para manter uma linha reta numa remada de 55 minutos até chegar ao ponto de partida após aprox. 1 hora e 40' de remada no percurso total.

O melhor do programa foi "atracar" com o SUP e subir lá na ilha, para pegar um sol e tirar essa belas fotos depois de conversar com algumas pessoas; que chegaram lá de caiaques, "stand up", lanchas e "zodiacs" - a maioria vindo da Barra da Tijuca - todos deslumbrados com a beleza exuberante do visual das ilhas e do relêvo carioca ao fundo .

Acho que as fotos ilustram muito bem tudo o que eu vi e curti nesse programa espetacular e muito saudável, sem precisar usar o carro, procurar por vaga para estacionar e; etc ...


fotos : Gui Gama - arquivo pessoal